Translate

sexta-feira, 17 de junho de 2022

A FEB nas Missões - Monumento à Força Expedicionária Brasileira


"Tudo na vida têm seu tempo!" disse não sei qual sábio...

Após muitos anos de tentativas conseguimos realizar a homenagem à FEB. Força Expedicionária Brasileira.


Tudo foi subida para os Pracinhas da FEB, nada foi fácil: 

Desacreditados na saída; frio, fome e desconfiança na chegada;  armas ultrapassadas; equipamentos inadequados para o pior inverno do século passado; a comida doce enlatada...

Mesmo assim a missão dada, foi cumprida! A raça e a criatividade(marca do nosso povo) superaram todas as adversidades! Subiram montes com coturnos lisos e fuzil de um tiro só. Desentocaram o inimigo a grito e a laçaço.

Retornam como heróis! O povo assim elegeu!

O povo sim! O governo não! 

Antes de pisar em terra firme a FEB foi desmantelada! Entregues a própria sorte, muitos voltando a pé para casa...

Começa então a pior batalha para os Pracinhas da FEB! Pior que a subida de Monte Castelo ou a carnificina em Montese: O abandono!

Tratar de suas feridas sozinhos, no osso do peito, em silêncio...

Nesta "montanha" a grande maioria sucumbiu!

Tudo foi subida para os pracinhas! Nada foi fácil!

Só quem sabe um pouco da história da FEB, sabe da importância desta homenagem!

São Luiz Gonzaga presta homenagem aos 33 combatentes daqui e também aos mais de 25 mil de todo Brasil.  

Obrigado a todos patrocinadores e organizadores desta homenagem em forma de monumento! Um monumento é como acender uma luz na escuridão!    

Momento da inauguração 03 de Junho 2022.
Local: Praça Expedicionário Cícero Cavalheiro-São Luiz Gonzaga-RS


Abaixo conto desde quando tenho essa ideia e mais abaixo tem fotos etapas da construção, translado e inauguração do monumento à FEB



Um velho sonho(apesar de que sonhos não envelhecem mas sim são esquecidos...) de homenagear aos pracinhas da FEB

Quer saber os motivos? 

Veja lá embaixo vivente! Após todas as fotos *

Não sabe o que é FEB? Sério?? 😱 

Veja resumo lãã em baixo**



Enviei, lá por 2006, propostas para realizar esse monumento,ao nosso 4º RCB, Regimento de Cavalaria Blindado aqui em São Luiz Gonzaga, um dos regimentos de cavalaria mais histórico do Brasil

Porém não foi possível, por detalhes...

Primeira tentativa em 2006

Segunda tentativa em 2010


3ª tentativa em 2018...


Mandei também modelo para o Museu Militar(Panambi-RS) em 2014 


Modelo enviado ao Museu Militar-Pananbi-RS 2014



Em 2016 recebi contato da Escola de Sargentos de 3 Corações MG, ESA.

Desejavam estatueta do lendário Sgt. Max Wolff Filho em posição passiva(foto abaixo), o que pra mim é totalmente contraditório ao que foi esse grande voluntário da 2ª Guerra Mundial. 

Na escola já existia a escultura do sgt. Max e toda sua patrulha, feitas pelo escultor Afonso Barra(in memorian). 

Contrário ao pedido deles, enviei a maquete abaixo!😊 

Porém não gostaram da minha "arte" . Ficaram chateados comigo e com razão.

Errei🙈, porém não queria perder a oportunidade de expor minha ideia...






Esculturas já existentes na ESA,
feitas em 2007 pelo escultor:
Afonso Barra
(in memorian)


Maquete que enviei em 2016, Sgt. Max Wolff com montagem no pico do Gavião.
Não foi aprovada!


Depois desse episódio, deixei de lado o projeto.

Eis que em 2021 surge, tal qual um paladino das praças e parques da cidade, a figura de Tito Bilinski com a intenção de realizar uma homenagem na praça Expedicionário Cícero Cavalheiro aqui em São Luiz.

Tito veio inspirado pelo Fabiano Machado, outro aficionado pela FEB, então mostrei meu velho projeto empoeirado, que foi aceito de imediato.

Junto com Tito Bilinski dando a largada
na construção monumento FEB

Foi criada uma comissão: Tito e Mariza Klein(sec.Educação SLG), Ana Teresa Cavalheiro Pires, Marinete Mattione e Margarete Costa Bebber. Após foi realizada visita ao comandante do 4º RCB Regimento de Cavalaria Blindado(SLG) Cel. Leonardo Faulhaber, para comunicar a intenção de realizar monumento. Somando-se à comissão o Cap. Ronaldo Amaral.

Visita ao regimento 4º RCB

Recepcionados pelo comandante
cel. Leonardo Faulhaber









Entrega da primeira maquete ao acervo
museu 4º RCB








Foi realizada campanha exitosa de doações voluntárias! Com emissão de certificado aos colaboradores. 

Primeiros colaboradores: Ferragem Dalcin

Ferragem Carmo Mat. Elétricos












Este tipo de campanha tem vários aspectos positivos como:

1º) não dar despesas diretas ao poder público; 

2º)os colaboradores sentem-se co-autores da obra e o melhor 

3º) a sensação gratificante de ser útil no embelezamento da sua cidade.



Abaixo fotos das etapas da obra:

Primeira maquete(doada ao 4º RCB)


2ª Maquete(de trabalho)


início das ferragens
montando a montanha
estrutura da baioneta

tamanho fuzil maior que o normal
Visita Comandante 4º RCB
Cel. Faulhaber e Cap. Ronaldo Amaral
Início pintura















Fotos abaixo do translado:

Chegada do guindaste


Fixação no local definitivo
Parte da missão cumprida!
Obra entregue!
Faltando apenas preparar para a inauguração.








Equipe translado nota 1000

A espera da inauguração.


Embalagem para presente!

Junto com responsável pela campanha exitosa
da construção monumento FEB: Tito Bilinski






Formatura oficial do 4º RCB-SLG






Grande dia: manhã fria de 03 junho 2022


Chegada do veterano de guerra Capitão Elmo Diniz

Veterano de guerra Cabo Tulibio de Melo Custódio

Veterano de guerra tenente José Negri

301 anos de vivências nesta histórica foto








Hasteamento das bandeiras








Soldado ao lado da pira do fogo,
 com vestimenta da FEB



Descerramento da fita inaugural pelos veteranos













foto drone


drone

   







Junto com comandante 4º RCb, Cel. Faulhaber,
os veteranos de guerra e prefeito SLG Sidney Brondani




Muito emocionante estar ao lado dos ex combatentes






Sgt. oradora do 4º RCB

Prof. Anderson Amaral representando com maestria
o Instituto Histórico de São Luiz Gonzaga




Meu pronunciamento




Pronunciamento prefeito SLG Sidney Brondani


Pronunciamento Cel. Leonardo Faulhaber Martins



Junto com os verdadeiros responsáveis pela realização desta obra:
Os Patrocinadores Culturais(nem todos estavam no momento...)




Abaixo flagrantes da inauguração:



Capelão fazendo sua oração


Capelão benzendo o monumento e os presentes


Presidente Conselho Cultura SLG e
"batedora oficial do translado",
a entusiasta: Beverly Bel. Bassani


Pres. conselho Turismo SLG
Carlos Sidnei Ferreira com
muda de Ipê Roxo plantado no local em
homenagem aos veteranos.




Banda Militar de Santiago-RS



Família Dutra sempre presente
patrocinando a cultura



Sec. Educação Marisa Klein e toda sua impecável secretaria.


Del. José Renato Moura e esposa Djanira




A dog/tag original do veterano guerra
sr. Tulíbio Custódio
que carrega com orgulho


Veterano guerra Tulíbio Custódio e sua placa (dog/tag)






O comandante da praça Cícero Tito Bilinsky,
recebendo certificado de agradecimento dado pelo 4º RCB



Com os veteranos aos pés do Monumento Jayme Caetano Braun



Capitão Elmo Diniz(100 anos) presidente 
da Associação Nacional Veteranos FEB

O bem humorado Cabo Tulíbio de Melo Custódio(101 anos)













Tenente José Negri com seus 100 anos tomando
sua cervejinha
na Festa Arroz Carreteiro-SLG




Patrocinadores Master do Monumento: Loja Maçônica
Águia Missioneira ao lado da pira do fogo


Jackson Fiorin Brandão acendedor oficial
da Pira Fogo  

Cap. Ronaldo patrocinador e também
representante da Comissão Construção Monumento



Soldado Lobão(vulgo Pão de Queijo) de guarda 


Abaixo, detalhes na escultura que quase ninguém viu:

Símbolo 5º Exército Americano
ao qual a FEB estava incluido,
fiz levemente descolado na parte 
de cima. Como querendo cair...



Símbolo oficial FEB
"A Cobra Vai Fumar"


Baioneta rara, com as iniciais VR




Dois "balaços" de raspão
um em cada lado do capacete.
Provavelmente da metralhadora "Lourdinha"


Coturno "Borzeguim" avô do coturno atual
com várias camadas de solado de couro(liso)
e a perneira como proteção







Afilhada Valentina alçando voo


No pós inauguração, momentos de reflexão
com Zenilda Villanova Ribeiro


Foto noturna após a inauguração.



O local virou ponto de visitação das escolas e lentamente será um novo ponto turístico:


Visitação das escolas com orientação
da turismóloga Sandra Ferreira








*Motivos pelos quais quis realizar o monumento:

1) Dos soldados que formavam a FEB, vários eram voluntários, a maioria convocados e muitos contra a vontade mesmo...

2) Saíram duramente criticados daqui! Com relação ao preparo e principalmente da pouca experiência dos soldados.

3) Na chegada, foram recebidos com desconfiança e desprezo pelas tropas americanas, sem alojamento e dormindo ao relento.

4) Tiveram pouco tempo para manusear as armas mais "novas"(fuzil Springfield 1909), as nossas(usadas no Brasil, não levaram), não dá nem pra citar o modelo...

5) Por azar pegaram um dos piores invernos do século 20, 

6) No começo, lutaram montanha acima com bota solado couro liso, coturno borzeguim(avô do coturno atual)

7) Cumpriram as missões mais com criatividade e garra do que por experiência

8) Dividiam suas rações com o sofrido povo italiano, presenciaram a miséria e a desgraça que a guerra traz. (Houve casos em que outros exércitos queimavam com óleo diesel suas sobras de provisões para não dar à população esfomeada )

9) Aprisionaram mais de 20.000 soldados inimigos, o que de certa maneira deixou p. da vida alguns generais americanos que queriam essa honraria

10) Voltaram como heróis, recebidos em desfile histórico, porém foram abandonados pelo governo Vargas antes mesmo de pisar em terra firme. Quem era militar retornou para suas unidades em silêncio, proibidos de comentar qualquer coisa sobre a experiência da guerra e quem era civil(voluntários e convocados) tomou ferro valendo, ficaram totalmente desamparados, muitos voltaram de carona para casa. Somente em 1988(observem a data não só pelos 43 anos de atraso) é que a totalidade dos ex combatentes foi solucionada. Tendo a partir de então pensão do governo para uma velhice digna aos que ainda estavam vivos ou aos familiares.

11) Não tiveram apoio nenhum nas feridas que a guerra trás, não digo as feridas físicas, mas sim os traumas, por mais que a família receba com amor seus filhos vindos da guerra, não tem preparo para ajudar a superar os horrores e monstruosidades das suas marcas

12) As Forças Armadas Brasileiras deram um salto gigantesco de qualidade após essa experiência. Tanto o Exército como principalmente a FAB Força Aérea Brasileira que deu um show de atuação em suas inúmeras missões.

 









FEB é a Força criada pelo Brasil para lutar ao lado dos Aliados(Inglaterra, Rússia, EUA,etc) contra as forças do Eixo Nazi/Fascista durante a segunda grande guerra mundial.

Desde início Segunda Guerra mundial(1939 a 1945), Brasil(gov. Getúlio Vargas) manteve a Diplomacia(nossa melhor arma) sempre engatilhada. No início fazendo "brique" com lado de lá e depois com o lado de cá. Porém após a entrada dos EUA na guerra(1941) a coisa mudou, pois o acesso pelo atlântico norte estava minado literalmente(minas submarinas). Os EUA precisavam de base mais próxima pelo sul...

Brasil declara guerra ao Eixo em agosto de 1942, após submarinos alemães destruírem vários navios da marinha mercante brasileira(que carregavam provisões).

EUA chama Brasil na chincha e resumo da ópera: Brasil cria a FEB.

Pela menor proximidade, EUA escolhe a cidade de Natal capital do Rio Grande do Norte para suas bases militares(mais de 10.000 americanos na cidade).

Pela diplomacia brasileira aconteceram acordos, exército ganhou muita experiência saiu do ultrapassado manual francês da guerra de trincheira para o chamado manual de guerra moderna americana.

Sobre o símbolo da cobra fumando:

A frase a cobra fumou! Surgiu quando duvidavam da ida do Brasil para combater na segunda guerra, diziam os gozadores: "É mais fácil uma cobra fumar cachimbo do que o Brasil ir para a guerra!" 

Eis então que após criada, a FEB, utilizou a própria gozação como símbolo oficial

Coisa nossa mesmo, um mais gozador que o outro😂👏👏👏







Links com repercussão na imprensa:

https://www.saoluizgonzaga.rs.gov.br/site/noticias/secretaria-de-educacao-e-esporte/67706-solenidade-marcou-o-lancamento-do-projeto-do-monumento-em-homenagem-a-feb


https://www.radiomissioneira.com/monumento-aos-sao-luizenses-que-lutaram-na-segunda-guerra-sera-erguido-na-praca-cicero/


https://www.radiomissioneira.com/monumento-em-homenagem-a-feb-ganha-forma/



https://www.correiodopovo.com.br/not%C3%ADcias/cidades/monumento-em-homenagem-aos-ex-combatentes-da-feb-ser%C3%A1-inaugurado-em-s%C3%A3o-luiz-gonzaga-1.833332



https://www.portaldasmissoes.com.br/noticias/view/id/5317/monumento-em-homenagem-aos-ex-combatentes-da-feb-s.html


Site oficial Exército Brasileiro:

https://www.eb.mil.br/web/noticias/noticiario-do-exercito/-/asset_publisher/znUQcGfQ6N3x/content/id/15620057



Link para conhecer os Relatos secretos escritos pelo comandante da FEB, Marechal Mascarenhas de Morais:

https://jornalismodeguerra.com/2020/07/31/relatos-secretos-faltava-armamento-quando-os-brasileiros-chegaram-a-italia/



https://jornalismodeguerra.com/2020/09/18/relatos-secretos-recepcao-americana-aborreceu-comando-brasileiro/