Translate

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

A volta para casa!

Dia 22 Dezembro 2012, às 20hs foi a cerimônia de retorno da escultura Nossa Senhora de Lourdes.
Nesses seus 86 anos de existência, essa foi a primeira vez que ela saiu do seu lugar.
Pelos agradecimentos emocionados, recebidos no evento, é possível dizer que consegui realizar um bom trabalho.

Leia mais sobre essa escultura e sua importância religiosa e histórica na postagem anterior a esta.
 http://viniciusribeiroescultor.blogspot.com.br/2012/12/vandalismo-na-historia.html



Obs: Para ver esta foto em tamanho maior, clique com botão direito do mouse e abra "nova aba"!

domingo, 9 de dezembro de 2012

Vandalismo na História!




A forma mais covarde de manifestação, a mais ignorante, provém dos que nada criam dos que querem aparecer à custa alheia.
Destruir até um débil mental é capaz.
Construir leva tempo, criatividade e esforço.
Em segundos é possível destruir anos de trabalho.
Da mesma forma, qualquer um pode pixar rabiscos, riscos e baboseiras...
Poucos podem grafitar desenhos em forma de Arte.


- "Gentileza gera gentileza!"
- "Parem o Mundo! Quero descer!!"
- "Em todo lugar há os seus Lenines, Stalines e Pinoches! Aqui é só o que se vê"
Foi se o tempo das frases filosóficas e protestos sensatos políticos, hoje proliferam os rabiscos...
Qualquer um pode com uma pedra, destruir algo!
Nem todos podem nivelar pedras levantando belas construções.
Menos ainda os que podem transformar a pedra,em Arte!

Digo essas coisas, pois estou restaurando, voluntariamente, a escultura da Nossa Senhora de Lourdes, agredida por um doente mental (literalmente) com uma pedra.
(Veja aqui a matéria:http://guiasaoluiz.net/2012/11/gruta-nossa-senhora-de-lourdes-e-alvo-de-vandalismo/)
(Veja aqui a localização do suspeito pela Polícia:http://guiasaoluiz.net/2012/11/suspeito-de-vandalismo-na-gruta-foi-localizado-pela-policia/)
Nos seus 86 anos na gruta (inauguração: foto ao lado em 12/12/1926), muitos joelhos prostraram aos seus pés, muitas mãos uniram-se em orações, muitos pedidos realizados para diversas gerações.
Nunca ouve, até então, nenhum tipo de vandalismo nela.

Ela é respeitada não só por católicos, mas também por evangélicos e ateus (talvez por que a maioria dos pais e avós deles rezavam junto a ela...).
A história dessa escultura é interessantíssima.
É fruto da promessa das senhoras da comunidade são-luizense, juntamente com Monsenhor Estanislau Wolski(veja busto que fiz dele e está na praça central de Roque Gonzales-RS) ao lado, para que não houvesse o confronto entre as tropas federais (governo) e as tropas comandadas por Luiz Carlos Prestes (Cavaleiro da Esperança) que permaneceram em São Luiz Gonzaga durante os meses de outubro, novembro e dezembro de 1924.
Foi daqui de São Luiz Gonzaga que partiu verdadeiramente a Coluna.
Prestes saiu de Santo Ângelo com um grupo reduzido, porém foi aqui que permaneceu durante quase três meses aguardado armamento (que não veio) e agrupando voluntários para formar, no VERDADEIRO sentido da palavra: uma Coluna.
Os "revoltosos" exigiam um pais melhor e o governo  exigia o respeito às leis e a ordem. São Luiz Gonzaga estava entre duas forças, pronta para explodir ou ser explodida.
O governo federal pretendia esmagar os revoltosos com o afamado "Anel de ferro".
O anel de ferro acabou sendo a primeira das tantas derrotas do governo para a genialidade estratégica do Prestes.





Monsenhor e as senhoras apelaram em emocionadas orações para Nossa Senhora de Lourdes, prometendo a construção de uma gruta com sua escultura, no local mais alto da cidade.
Pedido realizado, promessa cumprida!



Já comentei em postagem mais antiga sobre o que aconteceu após as orações(veja aqui: http://viniciusribeiroescultor.blogspot.com.br/2012/06/os-tres-misterios-fantasticos-que.html).
Coincidência? Acaso?
O fato é que precisamente daquele momento em diante nascia o gênio estrategista militar e sua Coluna Invicta! (As palavras ditas pelo próprio Prestes em entrevista dada ao Gen.Werneck no livro A Coluna Prestes comprovam o que aqui escrevo).
Meus irmãos santo-angelenses possuem o mui bem organizado Memorial da Coluna, juntamente com o monumento fantástico do mestre Oscar Niemayer homenageando o feito gigantesco; saíram como sempre na nossa frente, porém temos a história ao nosso lado e diante da história não há o que contestar.

 


Lamento ser um dos poucos defensores desse assunto.











(Veja Aqui:http://viniciusribeiroescultor.blogspot.com.br/2009/04/uma-pazada-de-terra-por-cima-da.html).


Aos poucos, com marreta e talhadeira vamos abrindo brechas nessa pedra que estamos incrustados.
Dia chegará que muitos somarão esforços e fortaleceremos como via produtiva, nosso riquíssimo turismo histórico/artístico e cultural.






Ao começar a restauração da escultura, presenciei a qualidade superior do material, feita em cimento (areia fina, cimento e ferragem). Uma das melhores que já vi, com riqueza de detalhes.
Encontrei e retirei seis camadas de tintas, estavam descaracterizando as feições da escultura (a cada nova pintura nesses 86 anos, uma camada de tinta por cima da outra).
Ela será pintada com tinta própria para cimento e nas cores originais (possuía algumas cores não originais).





A recolocação da escultura está marcada para o dia 30 de Dezembro 2012, com melhorias significantes no local. Com objetivo de valorizar esse esquecido ponto religioso e turístico.