Translate

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

As orígens poéticas do Poeta-Família Ramos Caetano














Na foto acima a família Ramos Caetano reunida na fazenda dos avós maternos de Jayme Caetano Braun: sr. Aníbal Caetano e D. Florinda Ramos Caetano
Nesse ambiente ele cresceu e aprendeu a fazer seus primeiros versos. Ele pensava em forma de versos!
A família tinha por costume recitarem versos, como forma de entretenimento; todos sabiam fazê-lo e Jayme, aos poucos, foi se destacando dos demais devido a algo importantíssimo: Ele gostava de fazer versos!
Gosto de salientar a importância dos exemplos familiares na formação das crianças, a vida de Jayme é prova disso.
Na foto ele está no colo de seu pai( ao lado direito da foto) e duas de suas irmãs também estão na foto: uma sentada no chão, aos pés de sua avó e a outra no colo de seu avô.
É possível ver com bastante clareza que a mãe de Jayme, D. Euclides, nada tem de "chirua bugra" como teimosamente tentam dizer alguns equivocados.
Obs: O sétimo, atrás e em pé, da esquerda para a direita: Anajande Ramos Ribeiro é o meu avô.


Em tempo: Para entender melhor a força dos belos exemplos familiares e a influência que eles causam nas crianças, favor ler a biografia que fiz de Jayme Caetano Braun, clicando aqui:http://viniciusribeiroescultor.blogspot.com.br/2008/05/breve-histrico-de-jayme-caetano-braun.html

Laurindo Ramos-Um dos inspiradores de Jayme Caetano Braun




































Laurindo Rodrigues Silveira Ramos, político, poeta e coronel revolucionário(23 e 24), chimango defensor dos ideais republicanos.
Nasceu em 19 de julho de 1870.
Pai do Tribuno do Alegrete: Ruy Ramos( deputado federal). 
Tio-avô de Jayme Caetano Braun
Um dos troncos da família Ramos; onde minha família também está incluída, meu avô era sobrinho do grande Laurindo.
Nesta oportunidade, na tentativa de mostrar as origens poéticas de Jayme, cito dois poemas de Laurindo Ramos, do seu livro:" Trovas Gaúchas" publicado pela Livraria do Globo(Porto Alegre-RS) em 1926.
Laurindo era filho de João da Silveira Ramos e Victória Rodrigues do Amaral Ramos, nasceu em 19 de julho de 1870; na Revolução federalista de 1893 serviu como alferes na 4ª Brigada comandada pelo general Salvador Pinheiro Machado(irmão do senador Pinheiro) e terminou como tenente no piquete da Divisão do Norte comandada pelo próprio senador Pinheiro Machado. Na revolução de 1923 foi Major das forças comandadas por Flores da Cunha; faleceu em 1937.
 Fonte: Livro "Os Pioneiros de Bossoroca" do sr. Ilvo Jorge Bertin Fialho.

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Monumento em andamento

video



Para saber informações de como participar da construção dessa homenagem ao grande Jayme Caetano Braun, favor procurar nas postagens mais antigas(bem mais abaixo, na postagem de 04 de fevereiro de 2008); ali encontrarás todas as informações necessárias. 
Caso persistam as dúvidas, favor enviar perguntas ao meu e-mail: viniciusescultor@hotmail.com