Translate

domingo, 30 de novembro de 2014

A mãe do Pajador

video
Toda homenagem aos vultos culturais é importante. Dessa maneira revitalizamos sua obra e ela não corre o risco de cair no esquecimento.
Foi isso que a RBS TV fez no programa Galpão Crioulo de hoje ao poeta e pajador são-luizense Jayme Caetano Braun(clique aqui para saber quem foi ele:http://viniciusribeiroescultor.blogspot.com.br/2007/09/blog-post_7622.html).

Faço uma pequena, mas importantíssima correção, referente ao que foi dito aos 2 minutos e 50 segundos, sobre suposta "...herança índia de sua mãe...".
A mãe do Jayme, dona Euclides Ramos Caetano Braun(minha parente), nunca foi índia. 
Não que isso seja demérito, cito isso pois não é verdade e muitas pessoas por desconhecimento teimam em repetir esse engano.

Ela gostava que a chamassem de "Quida" pois achava seu nome muito masculino. Tinha um raciocínio rápido  com toque de humor, característica de toda família Ramos a qual também pertenço. Quer saber de onde Jayme tem suas raízes poéticas? Então clique aqui:  http://viniciusribeiroescultor.blogspot.com.br/2009/07/10-anos-de-distancia.html

Acredito que esse persistente engano seja devido a poesia do Jayme chamada:
"Payada das Missões", nela ela diz ser:

"... Tetraneto de cacique,
Bisneto de curandeira
Trago um breve da parteira
Dos ranchos de pau a pique
Isso talvez justifique
Essa imponência baguala
Do cantor que quando fala
Do sorsal que quando canta
Brotam notas da garganta
Que até o silêncio se cala..."


Caso queira saber sobre a simples biografia que fiz desse vulto cultural do Rio Grande do Sul, favor clicar aqui: http://viniciusribeiroescultor.blogspot.com.br/2008/05/breve-histrico-de-jayme-caetano-braun.html

Abaixo reproduzo fotos de dona Euclides. Na primeira está com seu marido João Aloysio Braun e a outra com toda família.

  Para ver todo o programa do Galpão Crioulo, com demais atrações, favor clicar aqui:
http://redeglobo.globo.com/rs/rbstvrs/galpaocrioulo/noticia/2014/11/jayme-caetano-braun-foi-o-grande-homenageado-no-galpao-crioulo.html.



Aqui abaixo a poesia que me refiro, juntamente com imagens da construção do Monumento ao Pajador em São Luiz Gonzaga:


sábado, 8 de novembro de 2014

Monumento ao Aviador




Etapas da construção Monumento ao Aviador em Chapadão do Sul, Mato Grosso do Sul, Brasil.
Monumento feito manualmente em concreto armado, com tamanho da escultura central, Dédalo, de 3,40 metros e pedestal de 3, 60 metros, totalizando 7 metros de altura.
Subtítulo da obra: "A REALIDADE DE DÉDALO" (contrapondo ao Sonho de Ícaro, música de Biafra).
Dédalo, pai de Ícaro é o símbolo do vôo prudente, respeitando as leis enquanto seu filho representava o ímpeto da juventude e suas consequências.
Aprisionados em ilha pelo rei Minos, como punição por ajudar Ariadne(filha do rei) e seu amado Teseu a matar o Minotauro.
Dédalo pagou caro por ajudar os amados.
Para fugir criou asas artificiais, amarrando penas de pássaros enceradas com cera de abelha, Sendo esta a primeira referência do homem dominar os ares.
Orientou Ícaro a voar a meio termo, não tão alto para que o sol derretesse as asas e não tão baixo para que a maré o afogasse.
Ícaro sucumbiu diante dos olhos de seu pai, caindo sobre as rochas, morrendo.

Obs: Para ver as fotos em tamanho maior, clicar com lado direito do mouse e abrir em nova aba.





 Aviador e fundador do município Sr. Júlio Alves Martins juntamente com as crianças.