Translate

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Entrevista Rara

Relíquia encontrada pelo amigo Hilton Araldi no canal youtube do sr. César Cattani!
Uma entrevista dada por Jayme Caetano Braun na rádio Gaúcha, programa "Sem Fronteiras" do radialista Glênio Reis.
Nela Jayme explica muitas coisas:

- sobre sua relação com os CTG's e MTG, 
- do desgosto com certo tradicionalista e seus textos publicados no jornal Zero Hora
- da fundação do Galpão de Estância em São Luiz Gonzaga; 
- do início de suas primeiras poesias impressas no Jornal A Notícia
- de lista dos poetas que admirava, inclusive a obra do Catarinense Pedro Raymundo.
- de o que é uma Pajada e como deve ser feita.
- do retorno para as Missões após desistir de estudar na capital.

A entrevista está em três pequenas partes:









sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

258 em 2014






07 de fevereiro de 1756 a 2014
258 anos da morte de Sepé Tiaraju!
Quem foi e o que fez?
O que simbolizou seu exemplo?
O que representa para sua terra natal: São Luiz Gonzaga?



 
















Obs:Para visualizar as fotos em tamanho maior, favor clicar com botão direito do mouse e abrir em nova aba.
 




Para saber quem foi e o que fez Sepé Tiaraju, clique aqui:

http://viniciusribeiroescultor.blogspot.com.br/2007/09/blog-post_14.html








video                                                                                                                                                                                       












sábado, 1 de fevereiro de 2014

90 Anos do Pajador em São Luiz Gonzaga



Veja aqui o vídeo/montagem que fiz comemorativo aos 90 Anos do nascimento do Poeta e Pajador Jayme Caetano Braun- 30 de Janeiro de 2014.
Evento organizado pelo CTG Galpão de Estância e pela Secretaria de Turismo de São Luiz Gonzaga.
Cavalgada com saída do Monumento ao Payador(Pajador) até a praça central da cidade, terminando com missa crioula e tertúlia musical.


Esse evento é realizado há muitos anos pelo CTG Galpão de Estância; foi na edição do ano de 2007 que realizamos uma enquete perguntando: 
"Qual tamanho da escultura você gostaria para homenagear nosso poeta maior?" 
No resultado da enquete, ganhou o tamanho de seis metros. 
Depois disso realizamos a obra no velho estilo Missioneiro, o do MUTIRÃO, em  campanha de arrecadação voluntária de recursos.  
Excelente exemplo de que unidos é possível criar símbolos.
Quer saber mais? Clique aqui:
http://viniciusribeiroescultor.blogspot.com.br/2007/09/blog-post_7622.html

Tenho certeza que na próxima edição será mais emocionante pois a praça em torno do Monumento estará finalizada.