Translate

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

CARTA DA TIMBAÚVA































Enquanto muitos dançavam ao som da Timbalada, nós do Atelier de Artes Los Libres, neste carnaval íamos em direção da Timbaúva, ouvir seus sons... Fomos participar do 1º Encontro de artistas das Missões na Timbaúva, na fazenda do amigo Markito Moraes, escultor, desenhista e apresentador de teatro de fantoches.
Há algo de místico na Timbaúva, dá para compreender por que os pais de Jayme Caetano Braun, mesmo residindo na esquina da Praça Cícero Cavalheiro na cidade de São Luiz Gonzaga, foram realizar o parto dele na Timbaúva; não era apenas por causa da parteira, dona Antônia(na qual depositavam muita confiança) ou por que estavam eles no período de férias do magistério, mas sim porque sentiram o chamado da lendária Timbaúva, para que lá viesse ao mundo aquele que seria o seu maior payador.
Há muito o que dizer sobre aqueles campos finos, que nem maçega não tem, como dizia Noel Guarany.
A hospitalidade daquele povo, fantasticamente representado pelo Markito, sua esposa e filhos, é algo marcante.
Fomos debater sobre a nossa Arte, sobre nossa história e de como mostrarmos isso ao mundo.
Redigimos a carta intitulada: "Carta da Timbaúva". Nela estão nossas metas para desenvolvermos a Arte na nossa região.
Após debatermos, fomos enfrentar a difícil missão de desmanchar uma ovelha, majestosamente assada(sem pressa) pelo Markito. 

Nesses momentos é que ficamos "refletindo" sobre a importância de uma vida mais vegetariana...Nem "toquei" na carne...
Acima estão fotos do grupo composto por: Da esq. para a direita: Markito Moraes(escultor e desenhista), Ricardo Bernardo(acadêmico de História), Irineu Queiroz(vereador de Getúlio Vargas), Sávio Moura(desenhista e cartunista), Paulo Urach(apresentador programa Missões-Rio Grande-Brasil), Cássius Ribeiro(escultor), Vanessa Escobar(pintora), Vinícius Ribeiro(escultor), Anderson Schmidt(professor de história e historiador), Orci Machado(poeta e payador). Sentados:Denise Moraes, esposa do Markito, Priscila Urach(repórter e apresentadora programa rádio), Iria Maria Jung(pintora e professora de artes), Arno Schleder(pintor e desenhista).
Nas outras fotos, fiz uns wallpapers campeiros para os interessados, com imagens da fazenda.
Obs: Na foto onde aparecem aquelas inocentes criaturinhas, chamadas guardiões da fazenda do Markito, não se iludam, pois são armas químicas poderosas:Peidorreiros produtores de butano concentrado!

Tivemos que apressar a reunião e proibir qualquer fumante de entrar no galpão. Suportávamos com muito bom humor, pois nós é que éramos os invasores.
Mas quem imaginaria que aqueles bichinhos tivessem tanta potência.
Estavam, como se diz popularmente: "Com todo o gás".

Um comentário:

Ricardo F. Bernardo disse...

O que realmente ameaçou a reunião foi a atividade silenciosa dos guardiões da fazenda, quase letal! Hahaha