Translate

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Beleza sob medida!






Beleza é questão de gosto ou de medidas?
O que nos torna belos? 

O que nos faz atraentes? 
Qual o padrão da beleza?
Claro que tudo varia de acordo com a espécie a que nos referimos. 

No reino animal, por exemplo, o leão de juba espessa tem mais vantagens, com relação às leoas, que o de pouca juba; e o de juba preta, mais do que o de juba clara, vi isso em um documentário da National Geographic, só não sei por qual motivo as leoas se sentem mais seguras com os de juba escura...
O pinguim gorducho faz mais sucesso do que o magrelo, pois é garantia de aguentar mais tempo cuidando o ovo recém posto pela fêmea num frio brabo de 40º negativos, enquanto ela sai (semanas) em busca de alimentos.
O pavão mais colorido e mais peitudo é o queridinho das fêmeas...
No mundo humano, certas características ganham destaques em determinadas sociedades; antigamente gordura era sinônimo de status e consequentemente a pessoa tornava-se atraente...
Na tribo dos Bosquímanos no Kalahari(deserto africano), quanto mais bunduda for a mulher, mais resistência terá para suportar as intempéries e por isso ela é muito cortejada(veja foto anexo)...
Na China antiga, as mulheres de uma determinada comunidade, amarravam seus pés, deformando-os, para que eles não crescessem mais e assim transformarem-se em princesas da beleza(veja foto anexo).











 


Citei esses exemplos para vermos que muitos padrões mudam de lugar para lugar.
É importante salientar que toda pessoa FELIZ é uma pessoa bela! Isso em qualquer lugar do mundo ou fora dele. 
A energia que emana da pessoa feliz a transforma em uma agradável companhia, a qual todo mundo gosta de estar junto.
Alguém que, consiga reconhecer suas falhas de comportamento, corrigir seus erros, com toda certeza irá adquirindo virtudes; não importando sua aparência física ela será, aos olhos de todos, uma pessoa Bela.
Entretanto o objetivo desta postagem é analisarmos a questão externa, tal qual quando analisamos a fotografia de um desconhecido.
Lógico que cada um de nós tem o seu critério de beleza plástica, mas sem sabermos, analisamos uns aos outros por normas que nem tomamos conhecimento e partimos, em uma primeira impressão, de uma mesma base: a SIMETRIA.
Todos nós entendemos um pouco de anatomia humana, é mais do que normal, pois todo dia estamos vendo pessoas.

Qualquer um tem certa noção, pode ser o vivente mais botocudo, mesmo assim ele sabe, em fração de segundos, quando alguém é "caderudo" demais, meio pescoçudo ou tenha alguma alteração diferente dos padrões gerais. 
Por isso a escultura da figura humana é a mais difícil de ser realizada.
 

Mas, acima de tudo isso, sobre os mistérios da Beleza Plástica, o que torna uma pessoa visualmente atraente? 
São os conceitos? 
São as modas ou os costumes? 
Existe algum ponto de referência?
Sim! Há realmente um padrão de Beleza! 

E é determinado pela natureza; a isso os sábios matemáticos chamam de: A Proporção Áurea e a sua Simetria Bilateral.
A Proporção Áurea foi estudada a fundo pelos antigos sábios gregos (filósofos, matemáticos e artistas), como a busca do padrão ideal de beleza. 

Eles procuraram reproduzir, por meio da Arte, o ideal de beleza divino. 
Até os dias de hoje quando nos referimos a alguém muito belo dizemos: "Parece uma escultura Grega!"
Isso por causa da harmonia do todo.
A Proporção Áurea, o número de Ouro, está em todo universo, na natureza e no ser humano;

Pitágoras já a havia estudado sobre o número de ouro; foi o sábio matemático italiano Fibonacci que provou que de um retângulo perfeito saem: um quadrado perfeito e outro retângulo perfeito(só que menor) e deste retângulo menor saem um quadrado perfeito e outro retângulo perfeito menorzinho e assim vai, rumo ao infinito, surgindo uma espiral...
Dentro de cada retângulo perfeito há um quadrado que é 1,618 menor, essa proporção chama-se: o número de ouro(veja fotos anexo, com aplicações da proporção áurea).








 

A matemática sempre esteve presente no mundo das Artes. 
As grandes obras foram exaustiva e minuciosamente calculadas...
Na natureza o crescimento é em forma espiralada, assim como no cosmos inteiro.
A concha do caramujo náutilus apresenta cada volta 1,618 maior do que a anterior.
A altura do corpo humano é 1,618 maior do que a medida dos pés até o umbigo; a 1ª falange(osso do dedo) é 1,618 maior do que a 2ª falange, que por sua vez é 1,618 maior do que a falanginha(3ª falange). 

O tamanho da boca é 1,618 maior do que a largura das narinas e assim vai...
-A altura do crânio e a medida da mandíbula até o alto da cabeça.
-A medida da cintura até a cabeça e o tamanho do tórax.
-A medida do ombro à ponta do dedo e a medida do cotovelo à ponta do dedo.
-O tamanho dos dedos e a medida da dobra central até a ponta.
-A medida do seu quadril ao chão e a medida do seu joelho até ao chão.
-A medida do cotovelo até o pulso e a medida do seu pé.


Com base nessas medidas Polícleto, o grande escultor grego, criou seu famoso Cânon (conjunto de medidas) estipulou a medida de sete cabeças para suas esculturas (onde o corpo apresenta o tamanho total de sete vezes o tamanho da cabeça), já Lísipo, outro mestre grego, alongou essa medida para sete cabeças e meia(veja foto anexo), hoje é mais comum a medida de oito cabeças, o que alonga um pouco mais a figura. 

Uma pessoa com medida de oito cabeças no seu tamanho é uma pessoa de estatura alta.
Quem mais se aproximar destas medidas, mais atraente será fisicamente...















 


A simetria bilateral, sintetizando, ocorre quando existe a correspondência do lado direito do nosso corpo com o lado esquerdo; ou seja, quanto mais um rosto tiver uma narina direita do mesmo tamanho que uma esquerda, uma orelha direita na mesma medida que uma esquerda, etc., mais atraente será.
 

Mas cientificamente isso de padrão universal de beleza é provável? 
Foi feito alguma pesquisa séria sobre isso??
Sim! E inúmeras! 

Pois é um assunto de interesse antigo por estudiosos de várias classes: artistas, filósofos, cirurgiões plásticos, psiquiatras, psicólogos,...
De acordo com Geoffrey Cowley, no artigo: “O que nos torna atraentes" na revista Seleções Readers Digest, de Março de 1997(tenho ela comigo), ele cita algumas pesquisas, em universidades diferentes, sobre esse assunto. 

Na Universidade do Novo México-USA, os pesquisadores pediram a mulheres de inúmeras nacionalidades (China, Índia, Inglaterra, etc.) enumerarem os rostos mais atraentes e todas responderam como se estivessem com o mesmo gabarito.
Na Universidade de Louisville-Kentucky-USA, fizeram semelhante pesquisa com fotos de pessoas de treze origens étnicas diferentes e quase nada foi diferente das preferências dos entrevistados.













 


O mesmo estudo foi aplicado pela psicóloga Judith Langlois, da Universidade do Texas, às crianças; neste interessante estudo, foi mostrado a bebês de três e de seis meses de idade, pares de fotos. Cada par de foto tinha um rosto considerado atraente pelos adultos e outro não atraente. Os bebês olharam para os rostos mais atraentes durante muito mais tempo do que para o outro, o rosto mais preferido pelos bebês era o da artista americana Amber Valletta (essa eu também ficaria mais tempo observando...).ver foto anexo.














 


E como diz a pesquisadora Langlois: "esses bebês não leem a revista Vogue nem assistem a TV e, no entanto, têm o mesmo critério que os adultos."
Outro grande estudioso sobre esse tema é o cirurgião plástico Stephen Marquardt, ele estuda esse tema a décadas e desenvolveu uma máscara chamada: máscara da beleza, onde estão todos padrões de um rosto bonito; basta a pessoa colocar sua foto embaixo dela e ver se o seu rosto se enquadra...

Alguns questionam esse método de Stephen, mas achei muito interessante(veja foto anexo).












 


Essas pesquisas comprovam cientificamente, de que a Simetria Bilateral, realmente é o que faz um rosto ser plasticamente atraente.
Mas nada adianta estar tudo nas proporções divinas se a pessoa for mal humorada, amarga, rancorosa, vingativa... Daí vira a famosa beldade de fachada.
Gandhi não era um deus grego da beleza, mas a sua grande alma iluminou seu povo e seu exemplo de vida continua a iluminar todo o mundo.
A minha intenção em escrever sobre esse difícil assunto é puramente artística, pois acho esse tema fascinante.

Hoje reconheço que deveria ter prestado mais atenção nas aulas de matemática, meu conhecimento sobre o tema é bem restrito.

Obs: Quer saber se seu rosto é simétrico?? 

Faça o teste no site:

http://www.pichacks.com/









 


É bem divertido! 
Mas use foto do rosto, bem de frente, se não o resultado será uma catástrofe (faça o teste e caia na risada)...
Nesse divertido teste, podemos comprovar o quanto difere um lado do rosto do outro.Pelo menos pra mim que sou meio "dessimetrado".

Meu consolo é que só temos dois lados, pois se fossem quatro, seria um Deus nos acuda.
Reza a sabedoria milenar chinesa, que o lado direito de nosso rosto está relacionado com a nossa mãe e o lado esquerdo com nosso pai.

Onde pesquisar mais coisas:


http://pt.wikipedia.org/wiki/Propor%C3%A7%C3%A3o_%C3%A1urea

http:

//super.abril.com.br/superarquivo/2001/conteudo_119111.shtml



http://faceoftomorrow.org/artwork/

http://www.faceresearch.org/

http://www.beautyanalysis.com/ Site de Stephen Marquardt, lá irás encontrar a máscara da beleza, feita por ele.

http://ortodontoclinica.blogspot.com/
(postagem de quarta feira, 18 de Março de 2009, sobre a Ocusão dentária e a proporção áurea). Este site: ortodontoclinica é do professor de odontologia e artista plástico Dr. Alfredo Santos, de Vitória da Conquista,Bahia; ele me mandou um artigo interessantíssimo sobre a Estética vale a pena ler esse artigo esclarecedor, visite seu blog, pois vai encontrá-lo lá!E tantos outros artigos escritos por quem realmente entende! Forte abraço professor Alfredo!




Video sobre: Matemática e Natureza - Sequencia de números de Fibonacci e demais leis que regem o mundo



Video sobre o Pato Donald e a Proporção Áurea!

 

 

 

 

 Abaixo montagem com vários rostos até um denominador facial comum:

Retirado do site:  http://faceoftomorrow.org/artwork/

 

 

 

 

 

3 comentários:

Drica Morais disse...

Hahaha, que massa!
Gostei do texto, Vico! :)
Mas tenho medo de fazer o teste, hauahauahau. Abração!

Larissa disse...

Sensacional, Vinícuis. Excelente texto.

Luciane Morazzi disse...

Muito interessante, adorei tua abordagem sobre o assunto. Parabéns pela matéria!