Translate

segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Acendimento Chama Crioula 2011 em Taquara




Todo ano, aqui no Rio Grande do Sul, no mês de setembro ocorrem as comemorações referentes à Revolução/Guerra Farroupilha*
O símbolo sagrado para todos os tradicionalistas é a Chama Crioula Farroupilha
É ao redor dela que todas as nossas tradições são cultuadas.
Ela possui em sua essência o poder de evocar em todos nós gaúchos, um sentimento de amor e admiração pelas nossas raízes, nossa história e cultura.
Cada ano uma cidade é escolhida (em votação feita pelos CTGs*) para sediar a chama. E para lá se dirigem os cavalarianos de todas as cidades deste estado para pegarem uma centelha dessa chama e repassarem às suas comunidades e desta forma dar início nas comemorações da semana Farroupilha. 
O desfile do dia 20 de Setembro é o ápice de todas as festividades, mas é a chama viva daquele fogo que aviva em todos nós o amor por este chão.
Grande honra para mim foi ter sido convidado para fazer uma escultura para a cidade de Taquara (cidade sede deste ano) representando essa Chama Crioula.
O processo de criação, foi muito lógico: Uma "taquara em chamas", acredito que todos teriam a mesma idéia, nada poderia ser mais representativo para um evento onde o nome é "Chama" Crioula na cidade de "Taquara"(nome de vegetação caracteristica do nosso estado, vegetação esta, muito usada pelos nossos índios; antigamente nas suas lanças, hoje em seus balaios.)
A princípio fiz apenas uma tocha de taquara em chamas, mas ví que algo faltava e descobri isso ao ver braço erguido da escultura minha de Sepé Tiaraju. 
Uma tocha sozinha não teria a força que o evento merece.
Então fiz desenho de braço forte segurando uma tocha em chamas de taquara. 
O desenho foi plenamente aprovado pela comissão responsável pelo evento "Chama Crioula 2011".
A escultura propriamente dita, consiste em um braço forte de concreto armado com 2,65 metros e 350 kg, segurando uma tocha de taquara em chamas, como que representando um sol iluminador.

Esclareço, quase que enfadonhamente, esse processo todo, para que não paire nenhuma dúvida de onde me inspirei.
Li um comentário da semelhança dela com a tocha da estátua da Liberdade.
Acho isso injusto, pois deveria então ser parecido com o Colosso de Rodes, pois foi dessa grande obra do escultor grego Cares, que o autor da estátua da Liberdade, o francês Frederic Bartholdi se baseou... Mas não me inspirei em uma nenhuma delas.
É que qualquer braço levantado e ainda mais com uma tocha, sempre remeterá a lembrança de uma ou de outra.
Abaixo reproduzo o comentário, que apesar de poucas palavras achei interessantíssimo, pois faz refletirmos sobre nossa própria história farroupilha. 
Mais abaixo ainda, minha resposta:

Comentário:

"achei estranho o monumento, o braço da estatua da liberdade? o que tem aver com nossas tradições?"
Silvio!
Minha resposta:
Saudações sr. Silvio!
Lí seu comentário sobre minha escultura da Chama Crioula, no site TCA e não consegui postar resposta...
A idéia do braço forte segurando a chama em uma taquara, foi inspirada em minha outra escultura, a que homenageia a Sepé Tiaraju e que está aqui em São Luiz Gonzaga.
Não foi inspirada na obra do francês Frederic Bartholdi(o que fez e presenteou os americanos com a estátua da Liberdade), Bartholdi sim, segundo ele próprio, se baseou no Colosso de Rodes, estátua monumental do escultor grego Cares.
Bartholdi e o grupo idealizador da estátua da Liberdade eram todos maçons e tinham como meta propagarem os ideais maçônicos de Liberdade, Igualdade e Fraternidade os mesmos ideais que nortearam Bento Gonçalves, Garibaldi e todos lideres farroupilhas, nossa história farrapa está cheia de simbolismos maçons, desde a bandeira até o hino.
Sua pergunta me fez refletir e ver sobre tudo isso, de que existe muita coisa em comum entre a Guerra Farroupilha e a estátua da Liberdade.
Mas não se preocupe pois não me inspirei nem no Colosso de Rodes, nem na Estátua da Liberdade, muito menos na Chama Símbolo de Volgrado(Ucrânia); a Chama Crioula de Taquara foi inspirada no filho ilustre de São Luiz Gonzaga chamado Sepé Tiaraju!
Outra obra minha é a homenagem ao também filho desta terra, chamado Jayme Caetano Braun ao qual tenho muita honra em ser seu primo 3º. Chama-se Monumento ao Payador, de seis metros de altura e convido a todos para conhecerem.
Visite meu blog e veja lá um pouco do meu trabalho: viniciusribeiroescultor.blogspot.com
Espero nos encontrarmos na inauguração da escultura no próximo dia 20, para conversarmos sobre esse fascinante tema.
Um forte abraço Missioneiro!
Vinícius Ribeiro-escultor




Logo farei postagem sobre a relação da estátua da Liberdade e a revolução farroupilha.

http://pt.wikipedia.org/wiki/Guerra_dos_Farrapos

http://pt.wikipedia.org/wiki/Centro_de_Tradi%C3%A7%C3%B5es_Ga%C3%BAchas



3 comentários:

Mateus disse...

Gostaria de falar com você sobre a escultura e seu trabalho, sou jornalista e gostaria de escrever sobre a escultura que será instalada em Taquara. Podes entrar em contato pelo msn: jipmateus@hotmail.com ou me passa teu telefone.

Muito obrigado.

Petros.17 disse...

Ola, gostei muito do teu blogue, acho interessante este tipo de cronicas que contam um historia e nos dão uma lição de vida.

Eu actualmente possuo um blogue do género deste, com generalidades, mas encontrasse parado devido á falta de tempo, no entanto tenho outro, a qual gostaria de obter a tua opinião.

http://tenta-naorir.blogspot.com/

Petros.17 disse...

Ola, gostei muito do teu blogue, acho interessante este tipo de cronicas que contam um historia e nos dão uma lição de vida.

Eu actualmente possuo um blogue do género deste, com generalidades, mas encontrasse parado devido á falta de tempo, no entanto tenho outro, a qual gostaria de obter a tua opinião.

http://tenta-naorir.blogspot.com/