Translate

segunda-feira, 9 de novembro de 2015

A maior "Arte" de Noel Guarany








Inauguramos sábado último, dia 07 de Novembro de 2015, o Monumento em homenagem ao músico Noel Guarany.
Noel é considerado uma das maiores fontes da música  produzida no Rio Grande do Sul.


Foi um dos Quatro Troncos Missioneiros, junto com Jayme Caetano Braun, Cenair Maicá e Pedro Ortaça, criador do estilo musical que conta a história, a vida e a alma da região histórica das Missões; a primeira região habitada desta parte do continente(desde 1626).
Aqui houve algo fantástico e estes homens traduziram sentimentos, ensinando a todos nós a conhecer e por consequência amar nossa história.
Noel Guarany foi genial e genioso, característica comum daqueles que enxergam a vida do alto das copas das árvores, genial porque estava anos na frente dos demais e genioso por causa deste caminho ser no fundo, solitário.




O Monumento e a bela Praça em sua homenagem foi todo construído com doações voluntárias dos inúmeros admiradores de sua obra.
A campanha foi feita pela Confraria do Icamaquã, entidade cultural da cidade de Bossoroca e o segredo maior do sucesso alcançado foi devido a credibilidade dos seus componentes.
Provando mais uma vez, tal qual fizemos aqui em São Luiz Gonzaga, na construção do Monumento em Homenagem ao poeta Jayme Caetano Braun, de que a Arte tem o Poder de Unir os Povos.



Não há nela dinheiro público investido. 
Houve sim a doação do terreno e o apoio logístico importante da prefeitura.














No meu pronunciamento ocorrido em reunião que houve na Câmara de Vereadores de Bossoroca(no início do ano), para tratarmos dos primeiros passos da homenagem, disse a seguinte frase:
"O Monumento do Noel Guarany poderia ser realizado em qualquer cidade do Rio Grande, mas apenas em dois locais ele seria perfeito: Em São Luiz Gonzaga ou Bossoroca! Antes da Bossoroca escolher Noel, Noel escolheu a Bossoroca primeiro!"

Ele sempre teve carinho pela cidade de Bossoroca.
Tive dúvidas com relação ao local de seu nascimento, não que isso queira dizer muito pois Aparício Silva Rillo nasceu em Porto Alegre e deixou seu coração em São Borja...
Cenair Maicá nasceu no interior de Tucunduva e encontrou seu caminho ao conviver com os índios na cidade de São Miguel das Missões.


Dias desses, pessoa muito próxima de Noel, contou-me desta sua opção pela cidade de Bossoroca. 
Noel tinha mágoas de algumas pessoas (ditas importantes) de São Luiz Gonzaga, que ridicularizaram seu trabalho devido a demora do lançamento de seu primeiro disco, duvidando da existência do mesmo. 
Ser músico naquela época pioneira não era coisa fácil. 
Músico era sinônimo de boemia e vadiagem.
Imagino o que ele sentiu. 
A cidade de Bossoroca recebeu ele de braços abertos. Acreditando e apoiando ele sempre!

Por isso sua escolha em ser o cantor da Bossoroca e de ser enterrado lá.
Esta sua prova de carinho com Bossoroca foi a sua maior "arte", pois omitiu até na sua auto-biografia o local de seu nascimento...
Parabéns Bossoroca!
Família a gente têm, amigos a gente escolhe.
Noel escolheu vocês!


Repasso abaixo aos interessados a certidão e local exato de seu nascimento.
Sem nenhuma intenção de polemizar ou criar mal estar.
Acredito que todos nós já somos maduros o suficiente para recebermos informações e não retê-las, escondendo dos demais:













.  





A certidão foi gentil doação da Oficiala Registradora Sra. Ana Lúcia Da Cas, esposa do amigo Fabio Sauer Kreuz.



















2 comentários:

Nara Regina costa da Silva disse...

Parabéns amigo Vinicios.A tua obra-prima referente ao monumento do cantor Noel Guarany ficou uma perfeição de emocionar os corações dos fãs dele! bjo Deus o Abençoe hoje e sempre!



Paulo de Freitas Mendonça disse...

Grande Vinícius. Nesta semana estarei na Bossoroca e poderei apreciar a tua obra, que admiro muito. sucesso.